As ilusões de ótica que vão literalmente levá-lo a uma viagem no tempo, de acordo com cientistas

Quem sou
Elia Tabuenca García
@eliatabuencagarcia
Autor e referências

Como nosso cérebro ordena toda a informação que recebe a cada segundo? Uma pergunta de um milhão de dólares, mas a resposta, segundo os cientistas, pode estar em duas ilusões de ótica que enganam o cérebro em viagens no tempo para lembrar de tudo o que pensávamos ter esquecido.



Não guarde o abacate assim: é perigoso

Como nosso cérebro ordena toda a informação que recebe a cada segundo? Uma pergunta de um milhão de dólares, mas a resposta, segundo os cientistas, pode estar em duas ilusões de ótica que enganam o cérebro e o fazem viajar no tempo para lembrar de tudo o que pensávamos ter esquecido.



Tantas vezes mostramos ilusões de ótica, mas estas são verdadeiramente únicas: uma é visual, a outra auditiva, mas elas andam de mãos dadas porque ambas foram criadas por uma equipe de cientistas do Instituto de Tecnologia da Califórnia.

Eles são chamados de The Illusory Rabbit e The Invisible Rabbit e seu mecanismo foi explicado na revista Plos One. Segundo a equipe, as ilusões de ótica podem investigar a tomada de decisões: como o cérebro determina o que é a realidade objetiva?

“Ele se baseia em suposições dadas pelo ambiente ao redor: se essas suposições estiverem erradas, o cérebro está errado”, explica Noelle Stiles, coautora do estudo.

Entrando em detalhes, essas duas ilusões foram criadas para mostrar come o presente pode alterar a percepção do passado, assim, falamos de processos pós-dictivos. Sem entrar na ciência no sentido mais restrito, vamos tentar fazer o experimento diretamente.

Assista a este vídeo quantos flashes você vê?

explicação

Você ainda está tentando entender? Após a perplexidade inicial, vamos tentar explicar o que acontece no vídeo. Flash e sons são reproduzidos simultaneamente. A combinação é três vezes seguidas a uma distância de 58 milissegundos, e os flashes aparecem da esquerda para a direita.

Como visto na imagem em O Coelho Ilusório, o flash central não é mostrado, mas nosso cérebro ouve três sons e volta no tempo inserindo o flash ausente. Em O Coelho Invisível, é o som central que não é reproduzido e o cérebro cancela automaticamente também o flash central, sob a ilusão de que não o viu.

De acordo com os cientistas, o cérebro tende a alterar o que ele havia percebido no passado para torná-lo consistente com o presente.



Veja também:

  • As cores que desaparecem. A nova ilusão de ótica que enlouquece na web
  • Quantos círculos há nesta imagem? A ilusão de ótica popular nas redes sociais

Dominella Trunfo

Adicione um comentário do As ilusões de ótica que vão literalmente levá-lo a uma viagem no tempo, de acordo com cientistas
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.