É proibido ficar ao volante se estiver desidratado: é tão perigoso quanto estar bêbado

Quem sou
Carlos Laforet Coll
@carloslaforetcoll
Autor e referências

Ficar com muita sede enquanto dirige pode ser tão perigoso quanto dirigir depois de beber muito álcool

Ele está prestes a acabar atropelado, sua mãe o salva





Não dirija em caso de... Sete! Isso mesmo: se você está ao volante e está com sede de camelo, corre o mesmo risco de quem está bêbado. Ter a garganta seca durante a condução pode ser basicamente tão perigoso quanto dirigir depois de beber muito álcool.

Esta descoberta singular vem de um estudo da Universidade Inglesa de Loughborough, segundo a qual a desidratação faz com que a atenção dos motoristas caia muito como aqueles que estão bêbados e os leva a cometer o mesmo número de erros. Distração, sonolência e falta de alerta: estes são os efeitos da desidratação, que pode ser fatal para o motorista.

O TESTE - Os pesquisadores britânicos submeteram 12 motoristas do sexo masculino a testes específicos, que tiveram que usar um simulador de direção quando foram hidratados com 200 mililitros de água a cada hora, e depois repetir o experimento depois de beber apenas 25 mililitros de água. Nos primeiros testes, quando estavam suficientemente hidratados, os participantes cometeram uma média de 47 erros de direção, enquanto, se estivessem com sede, o número aumentou para 101 erros cada, mais ou menos o mesmo encontrado em quem pega o volante depois de dirigir .dormiu muito pouco ou levantou demais o cotovelo.

"Todos tomamos o cuidado de não dirigir se estivermos bebendo, mas geralmente não pensamos nos efeitos de outras coisas que podem afetar nossas habilidades de direção, e uma delas é a desidratação", disse. explica o coordenador do estudo, Ron Maughan.

Em suma, não há dúvida de que dirigir sob o efeito de bebidas ou drogas aumenta o risco de acidentes, mas os resultados desta análise evidenciam um perigo nunca antes pensado e sugerem que os motoristas devem garantir que estejam sempre adequadamente hidratados. Não beber água suficiente pode reduzir a capacidade de resposta do cérebro, a concentração e pode ser responsável por dores de cabeça, fraqueza, tontura, palpitações e ansiedade.



Em suma, a suposição válida para todos é sempre a mesma: beba muito e mantenha-se hidratadoi é um bom ponto de partida para cuidar da nossa pele e da nossa saúde. E entrar no equipamento certo, em todos os sentidos.



Germana Carillo

LEIA também:

Água: quanto beber, quando e com que resíduo fixo?

Adicione um comentário do É proibido ficar ao volante se estiver desidratado: é tão perigoso quanto estar bêbado
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.