Em Porto Tolle a central funcionará a carvão

Quem sou
Carlos Laforet Coll
@carloslaforetcoll
Autor e referências

a comissão ministerial de AIA (Avaliação de Impacto Ambiental), a central eléctrica de Porto Tolle (Ro) recebeu luz verde para a conversão em central eléctrica a carvão.

Ele está prestes a acabar atropelado, sua mãe o salva

Hoje, no Comissão Ministerial da AIA (Avaliação de Impacto Ambiental), a usina de Porto Tolle (Ro) obteve o aval para o conversão para central elétrica a carvão.
A decisão foi contestada peloambientalismo, com Greenpeace e Legambiente que se manifestaram juntos em frente ao ministério contra a reconversão, alegando que a usina está dentro de um Parque da UNESCO e que a passagem das numerosas barcaças para abastecer a central terá um impacto devastador no delicado ambiente da Po Delta.
O Enel, a empresa proprietária da fábrica, e eu trabalhadores ambos estão satisfeitos com a conclusão positiva do caso, argumentando que a usina é um chamado carvão limpo, e que a conversão foi concebida com as melhores tecnologias disponíveis e de acordo com os regulamentos europeus e os regulamentos em vigor. A força de trabalho total esperada é 3.000 trabalhadores.





Adicione um comentário do Em Porto Tolle a central funcionará a carvão
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.