Bioluminescência: o espetáculo mágico que ilumina as cavernas da Nova Zelândia (VÍDEO)

Quem sou
Carlos Laforet Coll
@carloslaforetcoll
Autor e referências

Um espetáculo da natureza que imortalizou pelo fotógrafo Joseph Michael que se aventurou em algumas cavernas da Nova Zelândia capturando a bioluminescência de alguns organismos vivos.

Ele está prestes a acabar atropelado, sua mãe o salva

Um espetáculo da natureza que imortalizou pelo fotógrafo Joseph Michael que se aventuraram em algumas cavernas da Nova Zelândia capturando a bioluminescência de alguns organismos vivos.





Existem lugares maravilhosos no mundo, tornados ainda mais mágicos pelas marés ou cavernas luminescentes e essas imagens captam plenamente essa atmosfera criada por alguns organismos microscópicos.

Já falamos várias vezes com você sobre esse fenômeno que pode ocorrer tanto em bosques úmidos, graças aos cogumelos, quanto no mar, graças às algas, à lula vaga-lume e ao besouro luminoso. A bioluminescência permite que alguns organismos emitam luz através de reações químicas.

Neste caso, os responsáveis ​​por este espetáculo de tirar o fôlego que ilumina as cavernas de Waitomo Glowworm que datam de cerca de 30 milhões de anos atrás são as larvas de Arachnocampa bright, um díptero que tece uma espécie de teia.

As cavernas de Waitomo, na Ilha Norte, e Te Ana-au, na Ilha Sul, são os habitats mais conhecidos do país para esse inseto, atualmente ameaçados pelo fluxo excessivo de turistas, agricultura intensiva e extração de madeira.

Aqui estão as imagens maravilhosas que Michael intitulou de 'Luminosidade':

O maravilhoso show de bioluminescência:



  • BIOLUMINESCÊNCIA: 5 LUGARES MÁGICOS ONDE O MAR ILUMINA A NOITE (FOTO)
  • BIOLUMINESCÊNCIA: CRIATURAS COM PODERES EXTRAORDINÁRIOS POPULAM OS OCEANOS
  • A ALGA MÁGICA QUE PINTA O MAR DE SALENTO COM AZUL ELÉTRICO (FOTO)

Dominella Trunfo

foto

Adicione um comentário do Bioluminescência: o espetáculo mágico que ilumina as cavernas da Nova Zelândia (VÍDEO)
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.